Alinhado com Bolsonaro, presidente do Banco do Brasil diz que a vida não tem valor infinito

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, disse amem à orientação vertical da presidência e nesta quinta-feira adotou a mesma linha crítica de Jair Bolsonaro às medidas de prevenção à infecção por coronavírus.

Em mensagem em um grupo de WhatsApp, Novaes disse que “é bobagem” considerar que a vida tem “valor infinito”. Na mensagem ele afirmou que o vírus tem que ser balanceado com a atividade econômica. A informação é da coluna Painel da Folha de S.Paulo.

Novaes, em linha com Bolsonaro, diz que o  confinamento prolongado “causará depressão econômica com efeitos piores que os da epidemia” e que “a depressão econômica também mata muita gente, principalmente entre os mais pobres”.

Brasil 247 – foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui