Após anúncio do governo indiano, Bolsonaro diz que voo para buscar vacinas na Índia deve atrasar 2 ou 3 dias

Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Correa - PR)

Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 15, que o voo previsto para buscar 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford na Índia deve atrasar em dois ou três dias. “Daqui a dois, três dias no máximo o nosso avião vai partir e vai trazer essas 2 milhões de doses”, estimou.

O anúncio ocorreu após o governo enviar um avião de Campinas (SP) para a Índia e o governo indiano anunciar que o governo brasileiro foi precipitado, pois ainda não tem condições de disponibilizar as doses acertadas.

O avião fretado pelo governo federal está em Recife, em Pernambuco, pronto para buscar os imunizantes, que seriam para iniciar a vacinação ainda em janeiro, após autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Foi tudo acertado para disponibilizar 2 milhões de doses, só que hoje, nesse exato momento está começando a vacinação na Índia, País com um bilhão e trezentos milhões de habitantes”, afirmou Bolsonaro em entrevista ao apresentador José Luiz Datena, da TV Band.

Bolsonaro ainda disse que não foi decisão do governo brasileiro adiar a entrega das vacinas. “Resolveu-se, não foi decisão nossa, atrasar em um ou dois dias até que o povo comece a ser vacinado lá porque lá também tem as pressões políticas de um lado ou de outro”, comentou.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui