Às vésperas da conferência do Partido Conservador, Boris Johnson anuncia mudanças no governo

© AP Photo / Frank Augstein

A Conferência do Partido Conservador do Reino Unido está prevista para o próximo mês e a remodelação do governo chegou a tempo de fornecer uma imagem renovada da liderança do partido.

Uma das principais revelações foi a nomeação de Elizabeth Truss para nova secretária das Relações Exteriores do Reino Unido.

Truss substitui, assim, Dominic Raab, que foi bastante criticado por ter tirado férias durante a tomada de Cabul pelo Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países).

Do mesmo jeito, Truss tem tido bastante popularidade junto dos membros do Partido Conservador britânico.

Gavin Williamson, secretário da Educação do Reino Unido, também abandonou seu cargo, após o culminar de um relacionamento difícil de longa data com a mídia, devido a sua posição e comentários sobre vários assuntos politicamente sensíveis.

Outra saída do gabinete anunciada nesta quarta-feira (15) foi a de Robert Buckland, agora afastado do cargo de secretário da Justiça. Buckland contribuiu bastante para a reforma da Revisão Judicial, era visto como um funcionário sólido do governo conservador e um dos ministros mais remanescentes do gabinete, segundo informou Downing Street.

Agora, será o ex-ministro das Relações Exteriores, Dominic Raab, a tomar seu lugar, passando também a ocupar um assento parlamentar.

Por outro lado, foi confirmada a permanência de Rishi Sunak enquanto secretário do Tesouro do Reino Unido, bem como de Priti Patel, que continuará seu cargo enquanto ministra do Interior.

Fonte: Sputnik Brasil