Bolsonaro demite Roberto Castello Branco e coloca general na presidência da Petrobras

Foto: Reprodução Brasil 247

Jair Bolsonaro anunciou pelas redes sociais na noite desta sexta-feira (19) a demissão do agora ex-presidente da Petrobras Roberto Castello Branco.

Quem assumirá o comando da estatal será o general da reserva Joaquim Silva e Luna, ampliando o número de militares ocupando altos postos no governo federal. Silva e Luna foi ministro da Defesa do ex-presidente Michel Temer. Ele foi também presidente da usina binacional de Itaipu.

“O governo decidiu indicar o senhor Joaquim Silva e Luna para cumprir uma nova missão, como conselheiro de administração e presidente da Petrobras, após o encerramento do ciclo, superior a dois anos, do atual presidente, senhor Roberto Castello Branco”, diz documento publicado por Bolsonaro, com cabeçalho atribuído ao Ministério de Minas e Energia.

Na quinta-feira (18), Bolsonaro já havia dado sinais de que poderia demitir Castello Branco, quando disse: “algo vai acontecer na Petrobrás”. Ao que parece, Bolsonaro se irritou com os sucessivos aumentos nos preços de combustíveis no país.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui