Bolsonaro ignora eleições e seguirá reconhecendo Guaidó como “presidente da Venezuela”

Jair Bolsonaro e Juan Guaidó (Foto: Sputnik)

O governo brasileiro continuará reconhecendo Juan Guaidó como presidente autoproclamado da .Venezuela, mesmo após a posse da nova Assembleia Nacional, programada para em 5 de janeiro. Nessa data, Guaidó, que boicotou a eleição, deixará de ser deputado.

As forças políticas que apoiam o governo do presidente Nicolás Maduro venceram as eleições do último domingo (6).

O Brasil, seguindo a posição dos Estados Unidos e de alguns governos de direita da América Latina e Europa, não reconhece essas eleições como válidas.

Juan Guaidó continua considerando-se “presidente encarregado”, na condição de chefe do Poder Legislativo, líder oposicionista reivindica ocupar o lugar do ditador, condição que perdeu ao não participar das eleições parlamentares do último domingo.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui