Bolsonaro quer Pazuello no Planalto para evitar ‘explosão’ da CPI da COVID-19, diz colunista

BRASIL

Sputnik – Segundo informações da colunista Vera Rosa, do jornal O Estado de S.Paulo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, contemplará o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, com um novo cargo nos próximos dias.

De acordo com a colunista, Bolsonaro está preocupado com os possíveis desdobramentos da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da COVID-19, que deverá investigar as ações e eventuais omissões do ex-ministro na pasta.

O general da ativa tem sido visto no Palácio do Planalto desde a semana passada, acrescentou a publicação.

Ministros militares do governo admitem ter o receio de que Pazuello não aguente a pressão na CPI. Eles acreditam que o ex-ministro pode acabar dando “declarações bombásticas” ao tentar defender o presidente, de acordo com a colunista.

A publicação afirma ainda que há integrantes do Palácio do Planalto que defendem uma espécie de “media training” para Pazuello ganhar mais confiança diante dos senadores em um eventual depoimento à comissão.

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em Brasília.
© AP PHOTO / ERALDO PERES
O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em Brasília.

CPI da COVID-19 terá sua primeira reunião na próxima terça-feira (27). O foco inicial da comissão será investigar a conduta do governo federal no colapso do sistema de saúde em Manaus (AM), em janeiro deste ano.

Entre outros tópicos, os senadores também analisarão a compra e a distribuição de vacinas no país e o destino da verba repassada a estados e municípios para o combate à pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui