Brasil registra 3.650 mortes por COVID-19 em 24 horas e bate novo recorde

© Folhapress / Antonio Molina/Zimel Press

O Brasil registrou 3.650 novas mortes pela COVID-19 e 84.245 novos casos da doença nesta quinta-feira (14). Com isso, o país chegou a 307.112 óbitos e a 12.404.414 de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

O número representa um recorde no número de óbitos registrados em um intervalo de um dia. Essa também foi a segunda vez que o Brasil registrou três mil mortes em 24 horas, a primeira foi na última terça-feira (23). As informações foram publicadas pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

O montante pode ser ainda maior, já que os números do Ceará ainda não foram atualizados por problemas técnicos no acesso à base de dados.

Nesta sexta-feira (26), as atenções do país se voltaram para o anúncio do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de uma potencial vacina contra a COVID-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan, a ButanVac.

O instituto informou que vai pedir autorização à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar os estudos clínicos em voluntários.

Poucas horas depois, o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, anunciou que também protocolou à Anvisa o pedido de testes de uma vacina financiada pelo governo federal, a Versamune-CoV-2F, desenvolvida pela Universidade de São Paulo (USP) em conjunto com a empresa brasileira Farmacore e a norte-americana PDS Biotechnology.

 

Fonte: Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui