Brasil registra 407 mortes por covid-19 em 24 horas

Foto: PMERJ

Giovanna Galvani/Carta Capital Online

Brasil registra novo recorde de mortes diárias – apenas em São Paulo, foram 211 vítimas. Casos encostam nos 50 mil

As últimas 24 horas na luta do Brasil contra a pandemia de coronavírus foram duras. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde desta quinta-feira 23, 407 pessoas morreram em decorrência da covid-19 no País, o que atualiza o número de óbitos para 3.313 mortes. Já são 49.492 casos confirmados da doença – um acréscimo de 3.735 infecções.

Apenas em São Paulo, houve um pulo de 211 mortes de um dia para o outro – o estado soma 1.345 óbitos e 16.740 infecções em seu território e é o mais atingido do País. O governo estadual paulista explicou mais cedo que esse número se deve a um delay nas notificações fornecidas pelos municípios do Estado devido ao feriado de Tiradentes, no dia 21 de abril. 

Informações concedidas pelo governo do Estado mostram que a covid-19 tem se alastrado para o interior de SP ao passo que o isolamento social também cai: o índice de afastamento da quarta-feira 22 foi de apenas 48% – o necessário, segundo o governo, é manter um mínimo de 50%. Caso essa cifra não seja alcançada, o governador João Doria (PSDB) anunciou que pode rever as medidas de flexibilização da quarentena, previstas para começarem no dia 11 de maio.

Entre todos os diagnosticados, a maioria (54%) já está recuperada da doença, o que totalizam 26.573 pessoas, e outros 19.606, que representam 40% do total de casos, está em fase de acompanhamento. Não há detalhes de quantos estão nos hospitais e de quantos estão em casa, e a subnotificação também altera a dimensão da epidemia.

O Rio de Janeiro vem em segundo lugar, com 530 mortes e 6.172 casos confirmados. Em seguida, o Ceará, com 266 óbitos e 4.598 infecções, sendo este o estado mais atingido da região Nordeste até o momento. No Norte, o Amazonas desponta no 5º lugar nacional, com com 2.888 casos confirmados e 234 óbitos.

Com um sistema de saúde colapsado, Manaus registrou recentemente cenas trágicas de covas comunitárias abertas em cemitérios da região. A contaminação da população indígena, que tem todos as confirmações até o momento provenientes do Amazonas, também preocupa autoridades.

Na região Centro-Oeste, o Distrito Federal que registra mais ocorrências da covid-19 até o momento, com 963 confirmados e 25 vítimas fatais. No Sul, Santa Catarina lidera com 1.115 infecções e 39 mortes, mas o Paraná registra 60 óbitos e 1.082 casos confirmados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui