Cantora, compositora e instrumentista Iane Gonzaga lança single “Colé de Mermo”

Foto: Camila Brito

Em ritmo dançante, canção autoral fala sobre desilusões amorosas através de gírias baianas

A artista Iane Gonzaga lança seu novo single “Colé de Mermo” no dia 16 de abril. A música traz influências do ijexá, samba-reggae e axé, com arranjos de Jordi Amorim. A letra, de autoria da artista, aborda de forma leve e descontraída uma desilusão amorosa, trazendo uma linguagem soteropolitana, através de gírias como “baratino”, “caô” e o próprio título da canção “colé de mermo”. O single antecipa o primeiro EP da cantora “Territóriamente”, previsto para ser lançado em maio. O pre-save do single pode ser feito através do link ou no instagram da cantora @iane.gonzaga.

A música nasce das vivências e diálogos da cantora sobre relacionamentos amorosos. “Todo mundo está vulnerável a passar por uma desilusão no amor, é um tema universal que as pessoas se identificam, e eu trago isso na música no lugar de quem questiona o “baratino que levou”, explica Iane. Os arranjos são de Jordi Amorim, músico indicado ao Prêmio Caymmi de 2021, com Felipe Guedes na bateria, percussão e sopros, Gabriel Telles na guitarra, Arthur Malaquias também na percussão e Iane Gonzaga no violão.

Iane Gonzaga é uma artista completa que une diversas paixões dentro da música, a composição, o canto, o toque da percussão e do violão. Já participou da Orquestra de Violões da NEOJIBA e levou seu show autoral para diversos eventos e festivais baianos, como o SofarSounds Salvador, a 1ª Feira Empreendendê do Recôncavo, em Santo Amaro e o 2º Yakurinxirê – Festival Percussivo de Mulheres, em Cachoeira. Também integrou o projeto Josyara Perambulante, onde participou como instrumentista e circulou por 5 estados brasileiros.

 

SERVIÇO

O que: Lançamento do single “Colé de mermo” de Iane Gonzaga

Quando: 16 de abril

Pré-Save: https://musequal.ffm.to/iane-coledemermo

Disponível em todas as plataformas

Instagram: @iane.gonzaga

Site: www.ianegonzaga.wixsite.com

 

FICHA TÉCNICA

Autoria: Iane Gonzaga

Arranjos: Jordi Amorim

Captação: Richard Meyer em Estúdio Mangus, Salvador – Bahia

Edição e mixagem: Jordi Amorim

Bateria, percussão, trompete, flauta, clarinete e sax alto: Felipe Guedes

Guitarra: Gabriel Telles

Violão: Iane Gonzaga

Percussão: Arthur Malaquias

Baixo, guitarra, sax soprano, violões de aço: Jordi Amorim

 

Sobre a artista:

Iane deu seus primeiros passos na música de forma autodidata através da percussão. Em 2004 ganhou um violão de sua avó, instrumento que passou a acompanhá-la nos palcos e processos de composição. No mesmo ano fez o Curso Livre de Violão Popular da UFBA.

Inicia sua carreira fazendo shows de voz e violão em barzinhos e eventos de Salvador. Em 2014 participa da Banda Mahatma como vocal. Em 2016 integra a Orquestra de Violões da NEOJIBA, aprimorando-se ainda mais como violonista. Nesse mesmo ano circulou por cinco estados brasileiros com o projeto Josyara Perambulante, como instrumentista, oportunidade em que também apresentou seu show solo na cidade de São Paulo. Apresentou a composição “Deusas Negras das Águas”, feita em coautoria com Núbia de Souza, no FEMADUM 2018. Também integrou o Universo Percussivo Baiano, projeto formativo ministrado por Letieres Leite. Em 2019 cria um projeto autoral com banda, onde participa de eventos como o SofarSounds Salvador, a 1ª

Feira Empreendendê do Recôncavo em Santo Amaro e o 2º Yakurinxirê – Festival Percussivo de Mulheres, em Cachoeira.

Como compositora assina canções como “Euforia”, “Sensação de desejo”, “Yabás”, “Angústia”, “Minha preta” e “Deusas Negras das Águas”. Suas letras tematizam a mulher, o povo negro, as relações e acontecimentos de sua vida. Atualmente se dedica à gravação do primeiro EP de carreira, intitulado Territóriamente, com produção musical de Jordi Amorim e previsão de lançamento para abril de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui