China acusa os EUA de semear a discórdia sobre o Mar Meridional

Beijing, 30 de julho (Prensa Latina) A China acusou hoje os Estados Unidos de perturbar a paz, semear a discórdia e minar a cooperação entre países com litoral no Mar do Sul, insistindo em ser o ‘árbitro’ nas negociações sobre esse espaço.
Ren Guoqiang, porta-voz do Ministério da Defesa, disse em uma entrevista coletiva que o envio de navios militares é uma prova da duplicidade de padrões e da mentalidade hegemônica de Washington sobre o assunto.

Ele disse que graças aos esforços conjuntos de Beijing e dos membros da Associação das Nações do Sudeste Asiático, a situação e as consultas sobre o Mar do Sul da China permanecem estáveis.

Ren exigiu que a Casa Branca acabe com as provocações militares naquela área e pare de instigar desacordos entre os países que estão realmente envolvidos em uma questão que só lhes diz respeito.

Advertiu que se os Estados Unidos continuarem agarrados à posição hostil, fará com que a China tome medidas maiores para proteger firmemente sua soberania ali, sua segurança e a paz regional.

Em outro momento, Ren também pediu aos EUA que cortassem todos os tipos de laços defensivos com Taiwan, considerando-os uma violação dos princípios básicos das relações internacionais.

A insistência da Casa Branca em se intrometer nessas duas questões sensíveis, e nas do Tibete, Hong Kong e Xinjiang, coloca as relações bilaterais em seu pior estágio e até mesmo recentemente o próprio Wang Yi advertiu que está empurrando ambas as potências para a Guerra Fria.

Analistas de todo o mundo veem como difícil que os laços sejam purgados de conflitos num futuro próximo e preveem um cenário pior nos próximos três meses com tensões no limite, pois o governo do republicano Donald Trump vai recarregar sua ofensiva com artilharia pesada e Beijing será obrigado a responder.

De fato, o chanceler Wang garantiu na terça-feira que a China contrariará fortemente toda ação beligerante de Washington, após advertir que com sua atitude arrastará os laços bilaterais para o abismo e também criará uma crise de divisões no mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui