Congresso derruba veto e retoma punição para ‘fake news’

O Congresso Nacional derrubou, na noite da quarta-feira (28),  um veto presidencial e manteve na legislação a pena de dois a oito anos de prisão para quem divulgar ato que seja objeto de denunciação caluniosa com fim eleitoral.

Entre os deputados, o veto foi rejeitado por 326 votos a 84. Entre os senadores, o placar foi de 48 votos a 6 contra o veto.

De acordo com o portal G1, o autor do projeto, o deputado Félix Mendonça Júnior (PDT-BA), afirmou na justificativa da matéria que esse crime “pode causar prejuízos concretos às pessoss, como impedir o acesso a um cargo público ou a um emprego, razão pela qual a pena deve ser proporcional à gravidade desse delito”.

G1 – foto: reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui