Conselho de Ética do Senado pedirá novo parecer sobre cassação de Flávio Bolsonaro

Flávio Bolsonaro (Foto: Alessandro Dantas/PT no Senado | PR)

O presidente do Conselho de Ética do Senado, Jayme Campos (DEM), vai pedir um novo parecer da Advocacia do Senado no processo que pede a cassação de Flávio Bolsonaro (Republicanos) por quebra de decoro parlamentar. O primeiro parecer solicitado ao órgão demorou quase seis meses para ficar pronto.

Na sexta-feira, 11, o colegiado recebeu um aditamento à representação contra Flávio Bolsonaro com informações sobre os relatórios feitos pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para defender o senador no caso em que é investigado por esquema de “rachadinha” na Alerj.

“É preciso reforçar que os novos fatos confirmam que o senador vem utilizando de ilegalidades, durante o exercício do seu mandato parlamentar, com o objetivo de utilizar os órgãos de Estado brasileiros em seu próprio favor, desrespeitando a Constituição e o ordenamento jurídico pátrio”, diz o texto do aditamento à representação apresentada por PSOL, PT e Rede.

Para atrasar ainda mais um desfecho sobre o caso, Campos reforçou que a decisão deve ser feita em reunião presencial do colegiado, algo que não ocorre desde setembro de 2019.

 

Fonte: Brasil 247