Cúpula da CPI da Covid pede que STF suspenda inquéritos abertos pela PF por vazamentos

Omar Aziz, Randolfe Rodrigues e Renan Calheiros (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

Os senadores Omar Aziz (PSD-AM), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Renan Calheiros (MDB-AL), presidente, vice-presidente e relator da CPI da Covid, respectivamente, apresentaram na noite desta quarta-feira (11) ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de habeas corpus para suspender os inquéritos abertos pela Polícia Federal para apurar suposta divulgação de documentos sigilosos pela comissão, informa Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Representada pela procuradoria do Senado, a cúpula da CPI diz que a postura da PF “configura evidente desvio de finalidade, excesso de poder e abuso de autoridade”. Os senadores destacam ainda que somente o STF pode abrir investigação contra parlamentares.

Caso seja deferida a liminar, os senadores querem a devolução de todos os documentos obtidos pela PF e o definitivo trancamento dos inquéritos.

Ainda não foi sorteado o ministro do STF que relatará a ação.

Fonte: Brasil 247