“Década”: após ser motivo de piadas, Folha muda manchete, mas omite méritos do PT

Ex-presidentes Dilma, Lula e negros no ensino superior (Foto: Stuckert / Reprodução / Agência Brasil)

Após ser alvo de uma enxurrada de críticas nas redes sociais, a Folha de S.Paulo mudou o título de manchete sobre negros nas universidades brasileiras. Agora a matéria está intitulada como “Negros estão na faculdade, e não (só) para fazer faxina”, diferentemente do gancho anterior – “Década colocou os negros na faculdade, e não (só) para fazer faxina” -, que omitiu os méritos dos governos Lula e Dilma no aumento do números de negros e pardos nas instituições de ensino superior.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva retuitou algumas postagens do ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT-SP), atual deputado federal, sobre as conquistas dos governos do PT.

“Foi na década governada pelo presidente@LulaOficial que a pobreza mais diminuiu no Brasil. As ‘minorias’ começaram a ocupar espaços de poder e o país era referência mundial em avanço tecnológico e desenvolvimento social e econômico”, escreveu o parlamentar no Twitter.

Segundo o congressista, “o PT foi agente no combate ao racismo no Brasil e central na inclusão desse recorte da população às universidades e outras posições de poder”.

“O PT fez e faz parte da luta antirracista”, disse. “E isso é comprovado pelos dados. Muito ainda precisa ser feito, ainda mais agora depois do golpe e de tantos retrocessos desde então. Por isso seguimos lutando, no Congresso, para conter esses ataques”.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui