Eduardo Bolsonaro insinua que desempregados não querem trabalhar para boicotar o pai

Eduardo Bolsonaro (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

 A mania de perseguição que acomete o clã presidencial tem provocado delírios cada vez mais intensos. Nesta quinta-feira (3), o deputado federal Eduardo Bolsonaro pinçou um comentário em uma publicação sobre a abertura de 4 mil vagas temporárias pela loja de departamentos C&A para embasar sua mais nova tese, de que brasileiros desempregados estão rejeitando trabalho para boicotar o pai, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

“Mentira! Nunca quiseram trabalhar. Agora estão com a desculpinha de “bozo”. O nível só vai aumentando”, esbravejou Eduardo na publicação.

 

Fonte: Brasil 247

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui