Estado e prefeitura de Salvador determinam medidas para higienizar transporte público

Os secretários de Saúde do Estado e do Município, Fábio Villas Boas e Leo Prates, respectivamente, anunciaram decreto das instâncias governamentais determinando o protocolo de higienização dos transporte público. A medida tem como objetivo intensificar a prevenção contra a COVID-19 nos ônibus urbanos, metropolitanos, intermunicipais, interestaduais, metrô, trens, ferry boat e lanchas que fazem a travessia Salvador/Mar Grande.

O decreto estabelece, entre outras medidas, que o transporte de massa deve adotar uma política de limpeza diária e frequente com produtos de saneantes nas superfícies. A limpeza deverá utilizar água e sabão ou ácool 70% pelo menos uma vez ao dia.

A medida prevê ainda a limpeza e desinfecção nos terminais e meios de transporte, reforçando a utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), conforme disposto na Resolução da Diretoria Colegiada – RDC nº 56, de 6 de agosto de 2008. Os trabalhadores que realizam esta atividade devem ser alertados para terem maior atenção ao disposto nesta resolução.

A administradora dos terminais de ônibus e metrô deverãoo ainda considerar a ampliação da quantidade dos locais para a higienização das mãos ou disponibilizar pontos com álcool gel a 70%. É importante que os locais disponham de sabonete e água corrente para estimular a correta higienização das mãos.

Uma reunião nesta segunda (16) irá avaliar a extensão da medida para outros municípios baianos.

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui