EUA enviam novo comboio militar para zonas petrolíferas da Síria

Comboio de veículos dos EUA sai do norte da Síria e segue em direção aos arredores de Dohuk, Iraque, 21 de outubro de 2019 (Foto: Reuters)

Os EUA aumentaram seus reforços na Síria, para onde enviaram um comboio militar para áreas petrolíferas sírias na província de Al-Hasaka.

Um comboio de 60 caminhões, escoltados por vários veículos militares dos EUA, entrou na Síria do Iraque, através da passagem de fronteira de Al-Walid” , informou a agência de notícias síria SANA na terça-feira .

“O comboio que transportava armas e material de logística foi para as bases ilegais dos EUA nas áreas petrolíferas de Al-Hasaka”, acrescentou.

Apesar das reclamações e recusas do povo e do governo sírios, os EUA continuam a enviar suprimentos militares e logística para as partes leste e nordeste da Síria, sob o pretexto de “proteger” poços de petróleo de grupos terroristas, mas, na verdade, está tentando saquear o petróleo e o gás da Síria.

A este respeito, a petrolífera norte-americana Delta Crescent Energy LLC  assinou recentemente um contrato com as milícias curdas para saquear o petróleo sírio com o aval do governo dos EUA.

A empresa americana vai ativar os poços de petróleo da Síria na região da Al-Jazeera, onde os Estados Unidos têm milhares de soldados desdobrados para dominar os campos de petróleo e gás mais importantes no leste do país.

O Governo de Damasco condena o acordo e  considera-o “nulo” . O Ministério das Relações Exteriores da Síria afirmou em um comunicado que o referido acordo é nulo e sem efeito, e indicou que este contrato envolve “roubo integrado”. “Só pode ser descrito como um acordo entre ladrões, em que uns roubam e outros compram”, lamentou.

Como os EUA roubam petróleo da região síria da Al-Jazeera?

Os EUA estão finalizando os preparativos para extrair mais petróleo das regiões da Síria para contrabandear “ouro negro” para fora do país.

Os EUA estão transportando petróleo sírio da província de Deir Ezzor para o território iraquiano, onde é apoiado por uma empresa de transporte iraquiana chamada Al-Nayi. Essa empresa fornece tanques para transportar petróleo dos campos de Deir Ezzor para a região de Al-Shaddadi, no governo sírio de Al-Hasaka.

De Al-Hasaka, os EUA escoltam os caminhões-tanque até chegarem à região de Al-Rumilan, perto da passagem de fronteira iraquiana Al-Mahmudiya. Todos os dias, mais de 150 tanques cruzam a fronteira com o Iraque, conforme revelado pela mídia local.

 

HISPANTV

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui