Eurodeputados criticam ‘negacionismo’ e ‘necropolítica’ de Bolsonaro em debate sobre América Latina

© AFP 2021 / Evaristo Sá

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, virou alvo de críticas no Parlamento Europeu, nesta quinta-feira (29), em uma sessão que discutia a pandemia na América Latina e como a União Europeia pode ajudar os países da região.

Durante o debate, os deputados europeus criticaram o “negacionismo” e a “necropolítica” de Bolsonaro, segundo informações da agência AFP.

“Por ação ou omissão, a ‘necropolítica’ de Bolsonaro constitui um crime contra a humanidade que deve ser investigado”, afirmou o eurodeputado espanhol Miguel Urbán.

Já Jordi Solé, outro eurodeputado espanhol, disse que a atuação do governo brasileiro frente à crise sanitária pode “transformar o país em uma incubadora de novas cepas” do coronavírus.

Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro e seus ministros durante a Cúpula do Clima, 22 de abril de 2021
© REUTERS / MARCOS CORREA / PRESIDÊNCIA DO BRASIL Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro e seus ministros durante a Cúpula do Clima, 22 de abril de 2021

Para a parlamentar portuguesa Isabel Santos, a situação do Brasil é mais crítica devido ao “irracional negacionismo de Bolsonaro”, acusando o presidente brasileiro de “fazer tudo para que a população não seja vacinada”.

“Não é um erro, e sim uma irresponsabilidade deliberada”, afirmou Santos.

Ainda de acordo com a AFP, os legisladores conservadores que participaram do debate também criticaram o Brasil, mas sem mencionar o nome de Bolsonaro.

Fonte: Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui