Evo Morales alerta contra possível “golpe ou fraude” nas eleições da Bolívia

Foto: Reprodução Brasil 247

O ex-presidente da Bolívia Evo Morales, vítima de golpe de estado que o retirou do poder em 2019, fez um alerta poucos dias antes das eleições presidenciais bolivianas.

Em um evento virtual chamado “Café da Manhã Latino-americano”, organizado pelo grupo Simón Bolívar, Evo falou a mais de 300 militantes, lideranças sociais e jornalistas e disse que a direita fará todo o possível para que o Movimento pelo Socialismo (MAS), favorito em todas as urnas, não consiga prevalecer nas eleições do 18 de outubro.

“Eles sabem que vamos vencer as eleições e que a oposição buscará evitar a vitória de Luis Arce por golpe ou fraude. Por isso é preciso vencer por ampla diferença”, disse Morales, que considera que votar no exterior é fundamental e, portanto, o mesmo que a embaixada da Bolívia na Argentina tentará “sabotar a votação” da maior comunidade de residentes bolivianos no exterior.

As últimas pesquisas de intenção de voto para as eleições de 18 de outubro continuam a favorecer o candidato do MAS, Luis Arce. O ex-ministro da Economia de Morales obteria 44,4% dos votos, ante 34% de Carlos Mesa, candidato à Comunidade Cidadã, segundo levantamento do Centro Estratégico Latino-Americano de Geopolítica (Celag). Em terceiro lugar aparece Luis Fernando Camacho, da aliança Creemos, com 15,2 por cento.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui