Ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, vira réu por corrupção e é alvo de busca e apreensão

Tânia Rêgo/Agência Brasil

O Ministério Público (RJ) realizou uma operação de busca e apreensão na casa do ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, na manhã desta terça-feira (8), após denúncia por corrupção ser acatada pelo juiz Flávio Itabaiana Nicolau.

O ex-prefeito do Rio foi denunciado junto com outras quatro pessoas por corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

A denúncia foi feita pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc) e aceita pelo juiz Flávio Itabaiana Nicolau, titular da 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.

Os agentes do Ministério Público cumpriram a operação de busca e apreensão na casa de Paes por volta das 7h30 e, de acordo com informações publicadas pelo G1, saíram da residência com documentos.

Eduardo Paes foi oficializado como candidato à prefeitura do Rio de Janeiro na semana passada pelo partido Democratas. Ele é tido como um dos nomes mais fortes para vencer Marcelo Crivella (Republicanos), que busca a reeleição.

 

Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui