Feira de Santana: Deputado Angelo Almeida pede à Sedur resolução para moradores do Jomafa “ter imóvel de fato e de direito”

Foto: Divulgação

O deputado estadual Angelo Almeida participou de reunião virtual com o secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Sedur), Nelson Pelegrino, na tarde desta segunda (17). Na oportunidade, o gestor, ao lado do secretário de Relações Institucionais (Serin), Jonival Lucas, e do presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), José Trindade, apresentou as realizações da Sedur a partir de três frentes: mobilidade, habitação e gestão territorial.

As habitações foram apontadas como uma das prioridades da gestão. O Governo da Bahia planeja entregar um total de 2.124 unidades habitacionais, reduzindo o déficit de moradias no estado. Outro ponto destacado foi a importância da retomada da Habitação e Urbanização da Bahia (Urbis), que atuou na construção de conjuntos habitacionais, para famílias de baixa renda em toda Bahia – 156 conjuntos habitacionais, totalizando 92.199 unidades imobiliárias.

Angelo parabenizou a iniciativa e aproveitou a ocasião para pedir ao gestor prioridade na resolução da situação dos moradores do conjunto habitacional Jomafa, em Feira de Santana. “A refundação da Urbis é importantíssima. Sempre acompanhei a situação dos moradores do Jomafa e o crescimento da região que hoje tem uma estrutura comercial muito forte na cidade. Lá foram construídas mais de 400 unidades. Eu já tive oportunidade de me reunir com representantes daquele conjunto, eles vivem uma agonia. É preciso resolver esse problema crônico, com urgência. É preciso dar àquelas pessoas a propriedade do imóvel de fato e de direito. Tem gente com mais de 30 anos nessa situação”, explicou.

Segundo a Sedur, atualmente são 31.686 imóveis com escritura e 46.917 com documentação pendente. A Urbis foi criada em 1965 e liquidada em 1998, quando suas atribuições foram repassadas para a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).