Financial Times diz que Bolsonaro desperta temor pela democracia no Brasil

BRASIL

Neste domingo (7), o jornal britânico Financial Times criticou o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em editorial.

O Financial Times, uma das publicações ocidentais mais influentes no mundo econômico, adotou postura crítica a Bolsonaro em editorial publicado neste domingo (7), afirmando que o brasileiro representa um risco para a democracia brasileira. Um editorial é uma área tradicional de jornais em que é expressa a opinião da organização.

O jornal afirma que Bolsonaro tem entrado em confronto com as instituições e ressalta que o presidente brasileiro tem participado de manifestações com apoiadores que pedem o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente Jair Bolsonaro cavalga durante uma manifestação a favor de seu governo em Brasília, durante a pandemia do novo coronavírus, em 31 de maio de 2020.
© REUTERS / UESLEI MARCELINO
O presidente Jair Bolsonaro cavalga durante uma manifestação a favor de seu governo em Brasília, durante a pandemia do novo coronavírus, em 31 de maio de 2020.

A publicação alerta ainda que “os riscos contra a maior democracia da América Latina são reais, e estão crescendo”.

O Financial Times também ressalta que Bolsonaro estaria “particularmente com raiva do STF” devido ao inquérito que investiga produção de notícias falsas em massa e envolve seus filhos.

Essa não é a primeira vez que o Financial Times critica Bolsonaro em editorial. Anteriormente, em abril, o jornal afirmou que o presidente brasileiro estaria se autodestruindo.

Sputnik

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui