Fintech oferece solução para quem quer ficar com as contas em dia no começo do ano

Foto: Reprodução/ IPNews

Por meio de totens de autoatendimento, Parça oferece a possibilidade de pagamento parcelado de contas e boletos e uma série de outros serviços.

O começo de um novo ano traz junto uma série de contas e despesas a serem quitadas logo nos primeiros meses de 2021. Mas enquanto os impostos aumentam, a renda das famílias brasileiras diminui. Segundo Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC),  66,3% das famílias brasileiras encerram 2020 endividadas. Desse total, 21,9% estão com mais da metade da renda familiar comprometida com o pagamento de contas.

Enquanto isso,  IPVA para o estado da Bahia já tem data de vencimento, já em relação ao IPTU, moradores Salvador se preparam para pagar um valor 4,31% mais alto do que no ano passado.  E para quem tem crianças em casa, o material escolar é uma outra preocupação. Estima-se que os itens pedidos pelas escolas em Salvador esteja 18% mais caro do que em janeiro de 2020.

Diante dessa situação crítica de endividamento, a fintech Parça busca oferecer soluções para população ganhar um respiro em relação às contas. A empresa oferece, por meio de totens de autoatendimento, a opção de pagamento parcelado de qualquer conta e boleto, uma forma de auxiliar as pessoas a se reorganizarem em relação às dividas.

“O ano de 2020 deixou para muitas pessoas um saldo negativo e raras são as famílias que conseguiram guardar um pouco de dinheiro. Mas as dívidas não esperam, por isso queremos oferecer a essas pessoas a possibilidade de se reorganizarem financeiramente e estarem em dia com suas contas”, explica Antônio Brizoti Júnior, co-fundador da  fintech Parça.

Além do pagamento parcelado, a empresa oferece serviços como recarga de celular, consulta veicular, de CPF e de CNPJ, tudo em apenas um totem e com menos de um minuto para realização. O usuário paga uma taxa de serviço de R$3 por operação realizada. No caso de pagamento parcelado de contas e boletos, também é cobrada a taxa de conveniência determinada conforme o cartão utilizado pelo usuário. Em Salvador, público pode utilizar o totem Parça instalado na estação de metrô Nova Lapa.

“Questões que antes você levaria um dia inteiro para resolver, indo em diferentes lugares, gastando tempo e enfrentando filas, hoje são possíveis de resolver na hora do almoço, em uma pausa do seu dia, de modo simples, rápido e sem burocracia”, diz Brizoti.

 

Modelo de Franquia

Parça opera no formato de franquia e em menos de um ano de atuação já está presente em 15 estados de todo o país. A empresa aposta em um mercado tecnológico que está em ascensão. Segundo estudo realizado pela empresa de consultoria e pesquisa de tecnologia Technavio, o mercado global de estações de autoatendimento deve movimentar U$20 bilhões até o ano que vem.

O franqueado Parça é responsável por prestar toda a assistência que o totem exige, como troca da bobina da impressora e higienização. Com investimento inicial de R$94 mil, a franquia tem faturamento médio mensal de R$12mil a R$18 mil em um prazo de retorno de até 15 meses.

“O franqueado tem um papel vital na expansão de nossos serviços.  Ele não precisa ter um perfil vendedor, ele precisa ter um bom relacionamento onde atua, entender qual a necessidade da cidade onde está e levar soluções – essa é a essência do Parça, facilitar a vida das pessoas”, finaliza Brizoti.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui