Grande desafio enfrentado pela ciência brasileira é a falta de investimentos, diz pesquisador

© Folhapress / Diego Padgurschi

Na última semana, o site Web of Science divulgou uma lista dos “pesquisadores altamente citados” de 2020. Dos 6.389 pesquisadores de mais de 60 países, estão 19 brasileiros.

A Sputnik Brasil entrevistou o médico epidemiologista Cesar Gomes Victora, professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), e um dos brasileiros que aparecem na lista da Web of Science.

“Eu fico muito feliz em estar incluído nesta lista, é o terceiro ano seguido em que eu estou incluído, desde 2018, o que representa um reconhecimento da elite da pesquisa mundial”, disse Victora.

Entre todos os pesquisadores citados pela Web of Science, a produção científica de 3.896 deles teve impacto em áreas específicas. Outros 2.493 pesquisadores impactaram diversos campos de conhecimento com seu trabalho.

Com pesquisas sobre epidemiologia da criança, Victora atribui o baixo número de cientistas brasileiros na lista à falta de investimento em pesquisas acadêmicas no Brasil.

“O grande desafio que a ciência brasileira está enfrentando nos últimos cinco anos é a falta de financiamento. Houve muito investimento na ciência brasileira durante duas décadas, mas infelizmente os nossos dois últimos presidentes diminuíram drasticamente o financiamento da ciência”, afirmou.

Cesar Gomes Victora lembra que “investir em ciência e tecnologia não é perder dinheiro, é investir no futuro”.

“Esse tipo de investimento é algo essencial para o Brasil deixar de ser um país que consome ciência e tecnologia feitas em outros lugares para criar a sua própria ciência e melhorar a sua competitividade internacional”, disse.

Para o epidemiologista, o prêmio da Web of Sciences contribui para o desenvolvimento de pesquisas no Brasil, mas não é o suficiente.

“O prêmio da Web of Sciences é uma maneira de salientar o valor da ciência brasileira, mas precisamos mais do que prêmios, precisamos de investimento sólido, contínuo e não nessa redução e corte de verba que estamos enfrentando atualmente”, completou.

Fonte: Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui