Incidência de câncer de pele é maior em homens

Diagnóstico precoce do câncer de pele contribui para um tratamento mais efetivo Crédito: Canva

Dezembro Laranja chama atenção para cuidados de prevenção e da importância do check-up dermatológico para diagnóstico do câncer de pele

O câncer de pele é o câncer com maior incidência no mundo. No Brasil, uma estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA) aponta que, só em 2020, mais de 185 mil pessoas devem ser diagnosticadas com a doença, sendo mais de 8,4 mil com o tipo mais grave, que é o melanoma.

Com rotina de acompanhamento dermatológico menos frequente, os homens representam maioria nos casos identificados da doença. São eles também que menos tomam cuidados de prevenção, como evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h, usar protetor solar com FPS acima de 30 diariamente, assim como chapéu, óculos escuros e, quando possível, as roupas especiais que oferecem proteção ultravioleta.

A dermatologista do Hospital Marcelino Champagnat, Eleolina Lara Kaled Neta, ressalta a importância de olharmos com atenção as manchas e pintas que surgem na pele ao longo dos anos. “Além dos cuidados com a exposição ao sol, nós devemos estar atentos aos sinais que o nosso organismo manda. Olhar se surgiram pintas novas na pele ou se elas mudaram de tamanho, cor ou se começaram a coçar. Dar atenção a feridinhas que não cicatrizam e sangram e, claro, ir ao dermatologista pelo menos uma vez ao ano são cuidados essenciais que todos devem ter”, explica.

As regiões mais comuns para o surgimento do câncer de pele são as que ficam mais expostas ao sol como rosto, cabeça, pescoço, nariz, lábios e o dorso das mãos. São três tipos de câncer, o melanoma, carcinoma espinocelular e basocelular. O melanoma é o tipo mais agressivo da doença e que pode causar lesões estéticas quando não tratado precocemente, metástase e até mesmo a morte.

Check-up

A médica cardiologista e coordenadora do serviço de check-up do Hospital Marcelino Champagnat, Aline Moraes, explica que as consultas periódicas com médicos especialistas em cada área são fundamentais para uma avaliação global e detecção precoce de doenças, inclusive de pele. “Muitas vezes, a ida ao dermatologista está aliada com o lado estético e não poder ser vista assim. A maioria dos casos que acompanhamos aqui no check-up são de tumores não melanomas, mas o cuidado deve estar sempre presente ainda mais aqui na região Sul do país. A maioria da população é de descendência europeia e isso faz com que o câncer de pele seja mais comum que em outras regiões do país”.

1 COMENTÁRIO

  1. To passando aqui de novo, pois já tinha salvo nos meus
    favoritos para ler depois com calma outras postagens.
    Quero te dar uma Sugestão… Como Anda as suas
    Divulgações? Já Pensou em Dar uma Turbinada no Número
    de Visitantes Reais por Aqui? E Quem Sabe Conseguir
    Novos Clientes? Se eu puder te ajudar de alguma forma
    gratuitamente, entra em contato comigo pelo email.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui