Irã espera que os EUA deixem tensões, mas ao mesmo tempo se prepara para ‘qualquer cenário’

© Foto / Pixabay / mostafa_meraji

Teerã espera que Washington diminua as tensões diante da iminente mudança na administração da Casa Branca, mas diz estar pronto para “qualquer cenário”.

Na segunda-feira (28), o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Saeed Khatibzadeh, afirmou que o Irã pretende estabelecer com os Estados Unidos uma comunicação com menos rivalidade, mas que ainda assim o governo iraniano está pronto para qualquer outra conjuntura.

“Estamos prontos para qualquer cenário, avaliamos todos eles, temos uma resposta adequada para cada um. Espero que nestes últimos dias antes de [o presidente dos EUA, Donald Trump] deixar a Casa Branca, eles parem de elevar as tensões”, declarou Khatibzadeh, durante um briefing.

Respondendo às perguntas da mídia sobre a chegada do submarino israelense ao golfo Pérsico, onde navios de guerra norte-americanos são enviados para participar de treinos navais com parceiros regionais e de coalização, o porta-voz culpou Washington pelo aumento das tensões.

“Não procuramos tensões, mas a responsabilidade por qualquer consequência de ações arriscadas que levam a um aumento das mesmas recai sobre os EUA. Você certamente sabe que o Irã não vai brincar com ninguém quando se trata de nossos interesses e da segurança nacional”, disse Khatibzadeh.

Além disso, o porta-voz negou envolvimento iraniano no ataque contra embaixada norte-americana na capital do Iraque, Bagdá, nas primeiras semanas de dezembro. Ele chamou o assassinato do major-general iraniano Qassem Soleimani no início do ano de “erro estratégico” e acusou a Europa de falhar na implementação do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês) após a saída dos EUA.

 

Fonte: Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui