Justiça autoriza transferência de Lula para São Paulo

O ex-presidente Lula, preso em Curitiba desde abril de 2018, será transferido para São Paulo. Foi o que decidiu a juíza substituta Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, na manhã desta quarta-feira 7.

Na decisão, a juíza autoriza a transferência, mas não específica em qual unidade o ex-presidente será colocado. Segundo Lebbos,  caberá à Justiça do estado de São Paulo definir onde Lula cumprirá o restante da pena. A data da mudança ainda não está definida.

A transferência de Lula é um pedido feito por sua defesa, para que o ex-presidente fique mais próximo dos familiares e amigos. Além disso, segundo a decisão, a manutenção da prisão de Lula em Curitiba gera prejuízo ao interesse público, com o emprego de recursos humanos e financeiros destinados à atividade policial na custódia do ex-presidente.

A juíza também alega que, por se tratar de um ex-presidente da república, Lula terá que ser alocado em uma Sala de Estado Maior em São Paulo, assim como aconteceu até o momento em Curitiba, onde o petista ficou preso na sede da Polícia Federal. “Registro a necessidade de preservação da integridade física e moral do preso, bem como de sua imagem e respeito à Súmula Vinculante n. 11 do STF”, determinou Lebbos.

Da Redação *com informações de Carta Capital – foto: Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui