Legado de Paulo Freire assombra Weintraub que faz ataques ao educador nas redes: “vampirão”

Abraham Weintraub e Paulo Freire (Foto: Lula Marques | Reprodução)

Um dos maiores nomes da educação brasileira e referência mundial, Paulo Freire voltou a ser alvo de ataques pelo ex-ministro da Educação Abraham Weintraub nas redes sociais.

“Hoje Paulo Freire faz 99 anos. Não morreu! Vive nas catacumbas das escolas se alimentando do futuro de nossas crianças. É tão ruim que até os países comunistas pararam de usar. Só no Brasil se usa e os resultados são mérévilhésis… Parabéns VAMPIRÃO! Feio pra carai…”, escreveu.

O motivo da ira do ex-ministro que fugiu do Brasil para os EUA, após ser alvo de ações do Supremo Tribunal Federal (STF), é que a produção acadêmcia do educador, pedagogo e filósofo brasileiro Paulo Freire foi usada em, ao menos, 72 mil produções científicas, ficando atrás apenas do filósofo Thomas Kuhn (81 mil) e do sociólogo Everett Rogers (73 mil).

Freire é o único brasileiro e latino-americano que configura a lista de 25 autores mais usados no mundo.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui