Lewandowski intima Pazuello a informar sobre insumos disponíveis para vacinação

(Foto: ABr)

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu o prazdo de cinco dias para o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informar ao STF o que o governo já tem disponíveis de seringas e agulhas, da União e dos estados, para a vacinação contra a Covid-19.

O ministro também determinou que, caso não haja estoques suficientes dos insumos, Pazuello deve apresentar em 48 horas o planejamento de novas aquisições de seringas e agulhas para o cumprimento das primeiras fases (grupos prioritários) do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

O ministro Lewandowski acolheu um pedido da Rede, que apresentou ação na Corte para obrigar o governo a implementar um plano nacional de imunização.

Leia o despacho na íntegra

Em entrevista coletiva, o ministro Eduardo Pazuello anunciou nesta quinta-feira (7) a assinatura de um contrato com o Instituto Butantan para a compra de 100 milhões de doses da vacinas CoronaVac. De acordo com o ministro, o contrato prevê 46 milhões de doses até abril e outros 54 milhões até o fim do ano.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui