Líderes de bancada asseguram normalidade nos trabalhos da ALBA

Postado em 01/08/2018 12:00 - Atualizado em: 01/08/2018 12:00
Share Button
Os deputados estaduais retornam às atividades legislativas nesta quarta-feira (1º) após o recesso. O incidente ocorrido há quatro dias no terceiro andar do Palácio Deputado Luís Eduardo Magalhães interditando todo o edifício até o término da inspeção da perícia, não comprometerá o andamento dos trabalhos na Casa.
O líder da bancada da Maioria, deputado Zé Neto (PT), acredita que com “boa vontade é possível vencer todos os desafios postos do ponto de vista da estrutura física e da dinâmica política inerente ao período eleitoral”. O petista se comprometeu a procurar os deputados da bancada da Minoria para ajustar a agenda de modo que todos possam entregar à sociedade aquilo que se espera do Parlamento.
A primeira sessão plenária acontece na tarde desta quarta no auditório Jornalista Jorge Calmon Filho, localizado no Anexo Senador Jutahy Magalhães. O deputado Luciano Ribeiro (DEM), líder da Minoria, afirma que o local, embora não seja o habitual, tem todas as condições de abrigar os ritos legislativos sem comprometer o andamento das atividades.
“Acredito que é preciso fazer os esforços necessários para que os trabalhos não sejam afetados nem pelo incidente, nem pelo período eleitoral. Tudo deve acontecer sem prejuízo ao Parlamento”. No que se refere ao incêndio, Luciano afirma que é preciso aguardar a perícia para que se possa adotar as medidas necessárias para reestabelecer o funcionamento do prédio principal.
O presidente da Casa, Angelo Coronel, tem concentrado esforços no planejamento prévio de ações emergenciais para quando os andares inferiores (S2, S1, Térreo, 1º e 2º) forem liberados pela perícia. A ideia é reestabelecer as linhas telefônicas, redes lógicas e o departamento de Tecnologia de Informação.
“Assim que tivermos acesso ao local, vamos inspecionar tudo e colocar com celeridade para funcionar o mais rápido possível. Os trabalhos da Casa não foram e não serão afetados pelo incêndio. A Assembleia Legislativa continuará prestando serviço à sociedade baiana reunindo todos os esforços dos 63 deputados para atender ao que a população precisa”, reforçou o presidente.
Ascom/Alba
Share Button