Maracás: Câmara obtém assinaturas para CPI após denúncia de desvios contra prefeito

Foto: Reprodução Blog Itiruçu Online

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito foi aberta nesta quinta-feira (29) pela Câmara de Vereadores de Maracás, no Vale do Jiquiriçá. A Comissão vai apurar irregularidades supostamente cometidas pelo prefeito Uilson Venâncio Gomes de Novaes, o Soya. Segundo informações, as acusações são de enriquecimento ilícito, formação de quadrilha e desvio de verbas federais do Fundo Nacional da Educação (FNE), Fundo Nacional da Saúde (FNS). A denúncia diz que quase R$ 200 mil teriam sido desviados de recursos federais encaminhados ao Município.

A CPI foi proposta pelo vereador Heugênio Meira, presidente da Casa, e teve a assinatura dos oito vereadores presentes. Ainda segundo as denúncias, o prefeito seria o líder de uma organização, da qual fariam parte os secretários de Saúde, Educação, Infraestrutura e Finanças do município, além do gestor do Fundo Municipal de Saúde. Teriam colaborado com o esquema empresas e um posto de gasolina. Nesses locais, o grupo teria adquirido peças e abastecido veículos inservíveis e outros alienados não mais pertencentes à frota municipal.

O grupo é acusado também de comprar produtos que não servem para determinado veículo, a exemplo de “abastecer” caminhão movido a diesel com gasolina.  Em nota, o prefeito declarou que os vídeos são fakes e negou as acusações.

 

Fonte: Bahia Noticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui