Modelo Mutirão do Diabetes de Itabuna é adotado em várias cidades do Brasi

Postado em 24/08/2018 16:00 - Atualizado em: 24/08/2018 16:00
Share Button

O modelo do Mutirão do Diabetes de Itabuna, que terá sua 14ª. edição no dia 10 de novembro,  está sendo replicado em diversos estados brasileiros e já foi apresentado no Congresso Mundial de Diabetes no Canadá, como exemplo a ser seguido em outros países.

O idealizador e coordenador do Mutirão e presidente da ONG Unidos Pelo Diabetes, Dr. Rafael Andrade tem participado de seminários e teleconferências em que expõe o projeto do mutirão, focado principalmente na prevenção da doença. O modelo do evento itabunense já foi adotado por cidades como Curitiba (PR), Belém (PA), Feira de Santana (BA), Petrolina (PE), Ribeirão Preto (SP) e Joinville (SC).

md 20

A partir deste ano, haverá mutirões do diabetes em Blumenau (SC), Florianópolis (SC), Uberlândia (MG), Betim (MG), Goiânia (GO), Rio de Janeiro (RJ), Presidente Prudente (SP), Sorocaba (SP), Campo Grande (MS), São José dos Pinhais (PR), todos com o apoio da ONG Unidos Pelo Diabetes de Itabuna.

Criada em 2017 para ampliar as ações do Mutirão, a ONG Unidos pelo Diabetes, vem fornecendo transferência do know how para diversas instituições, além de investir na capacitação de profissionais de saúde e na conscientização da população, para os riscos e cuidados na prevenção e tratamento do diabetes.

mutirão diabetes

O Dr. Rafael Andrade destaca que “a realização de mutirões em várias cidades brasileiras, vai se multiplicando a cada ano, contribuindo para  amenizar a deficiência e desigualdade, combatendo uma das doenças que mais fazem vítimas fatais e deixam sequelas no país”.

Share Button