O coronavírus e os espertalhões

Jolivaldo Freitas*

São muitas as desgraças que afligem a humanidade, mas sempre existirá quem saiba tirar proveito do pânico, do medo ou da miséria alheia. Teve quem, na Idade Média, aproveitasse par enriquecer ou ganhar mais poder e influência com a Peste. Os ratos serviram de motivo para a dominação. As pulgas dos ratos fizeram encher a burra dos aproveitadores, notadamente dos charlatães. A Igreja Católica, por exemplo, sempre foi pródiga em ações de cunho mercadológicos. Desde seus primórdios que fatura em nome de Deus. Bastava ameaçar com uma temporada perpétua no fogo do inferno. Mas, vendia-se a absolvição dos pecados. Era somente pagar as espórtulas, fazer suas doações, confessar e se arrepender.

Na Bahia era useiro e vezeiro os pecadores de alto quilate, como os escravistas e os comerciantes destinarem grandes fortunas que serviram para assegurar o que se tem hoje, com o grande e brilhante acervo arquitetônico religioso; tantas igrejas, como a de São Francisco, que até revestimento de ouro possui.

Também as viúvas dos comerciantes, escravistas, exportadores, donos de engenhos e tantos outros, depois vindo os banqueiros e os industriais, que buscavam ofertar dinheiro e recuperar um telhado ou uma fachada. Em compensação o arcebispo autorizava o pároco a sepultar os “bons de coração” nas criptas das igrejas. Também se comprava ou trocava-se com as doações missas e mais missas durantes anos, para que a alma do usurário e charlatães tivessem a obtenção do caminho para o céu.

Quem mais se deu bem com a consciência pesa dos ricos oi a Santa Casa da Misericórdia. Fortunas foram deixadas em seu nome e basta chegar na área do Comércio e no Centro Histórico para ver que boa parte daqueles casarões pombalinos ou coloniais que estão caindo aos pedaços pertencem ao seu patrimônio.  A Santa Casa tem sobrados em tudo que é lugar de Salvador. Tem terrenos.

Mas, nenhuma igreja demonstrou tanta criatividade, principalmente na tentativa de suplantar a Igreja Católica, quanto Igreja as evangélicas. É boa sua perspectiva de que fortuna e felicidade não podem esperar. Precisam ser obtidas aqui e agora. Esperar morrer para ter a felicidade eterna é um furada, segundo preconiza. Os ideólogos dessas igrejas já inventaram de tudo. Mas, sempre cabe um pouco mais.

A primeira igreja evangélica a a fazer sucesso foi a de Edir Macedo. O primeiro passo foi instituir o dízimo. Os batistas já faziam, mas de forma sutil. Chocava a quem não estava acostumado ver as sacolas cheias de dinheiro. Como o dízimo não era suficiente foi preciso garantir outro tipo de faturamento e surgiu a invenção da venda de água ungida. Depois as fitinhas, imitando as medidas do Senhor do Bonfim, as sessões de descarrego, as campanhas de doações. Disseminou-se a ideia dentro dos templos que aqueles que doassem maiores valores seriam agraciados mais rapidamente.

Levantamento feito pela Escola Superior de Propaganda e Marketing revela que este mercado da fé movimenta mais de 12 bilhões de reais por ano, sem contar o dízimo. Mas, como a criatividade não para, a nova estratégia de faturamento das lideranças evangélicas é das mais ousadas. Algumas igrejas estão vendendo a partir de agora o óleo consagrado. Qual a função do óleo? Imunizar quem adquirir, contra o coronavirus. Proteger e também curar.

O lançamento foi feito pela Igreja Catedral Global do Espirito Santo que se autoproclama A Casa dos Milagres. A igreja disseminou o produto através das mídias sociais e virou sucesso. O título do anúncio: O Poder de Deus contra o coronavírus”. Conseguiu de saída encher os cultos para unção do óleo consagrado, e ainda oferecendo outras garantias como a de proteger contra qualquer tipo de epidemia. Ô povo!

——————–

*Escritor e jornalista

25 COMENTÁRIOS

  1. you are in reality a just right webmaster.
    The website loading pace is incredible. It kind of feels that you’re doing any distinctive
    trick. Furthermore, The contents are masterwork. you have performed
    a fantastic task in this subject!

  2. I have been exploring for a bit for any high-quality
    articles or weblog posts in this kind of area . Exploring
    in Yahoo I eventually stumbled upon this site. Studying this info So i am happy to
    convey that I’ve an incredibly excellent uncanny
    feeling I found out just what I needed. I such a
    lot indubitably will make certain to do not disregard this site and
    provides it a glance regularly.

    Here is my web page http://www.pdelite.org

  3. An outstanding share! I have just forwarded this onto a colleague who was doing a little research
    on this. And he in fact bought me breakfast simply because I stumbled upon it
    for him… lol. So let me reword this…. Thank YOU for the meal!!
    But yeah, thanks for spending time to discuss this topic here on your site.

    Look at my web blog sayaka.s11.xrea.com

  4. I blog quite often and I genuinely thank you for your information. This great article has truly peaked my interest.

    I will book mark your blog and keep checking for new information about once a week.

    I opted in for your Feed too.

  5. Just want to say your article is as astonishing.
    The clearness on your submit is simply cool and i can assume you are a
    professional in this subject. Well together with
    your permission allow me to take hold of your feed to
    stay updated with forthcoming post. Thanks 1,000,000 and please continue
    the rewarding work.

  6. I just like the helpful info you provide in your articles.
    I’ll bookmark your blog and check once more right here
    regularly. I’m fairly sure I will be told many new stuff proper here!
    Best of luck for the next!

  7. I?m impressed, I must say. Rarely do I come across a blog that?s both equally
    educative and engaging, and let me tell you, you’ve hit the nail on the head.

    The problem is something that too few men and women are
    speaking intelligently about. I am very happy I found this in my hunt for something relating
    to this.

    Look at my web-site: danielmayo.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui