“Palavra final é do presidente”, diz Milton Ribeiro sobre interferência de Bolsonaro nas universidades públicas

Milton Ribeiro e Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes/PR)

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou em entrevista ao portal bolsonarista Brasil sem Medo que defende a nomeação de reitores alinhados com o presidente Jair Bolsonaro nas universidades públicas. Tradicionalmente, essas instituições de ensino nomeiam o reitor mais votado da lista tríplice, algo que vem mudando por conta da interferência do presidente.

“Tenho um estilo diferente, mas sei exatamente onde quero chegar”, disse Ribeiro ao ser questionado sobre a proximidade de sua gestão com a do ex-ministro Abraham Weintraub. “Por exemplo, no caso das listas tríplices das universidades, vamos seguir exatamente o que diz a lei: a palavra final é do presidente da República. Se ele escolhe sempre o nome mais alinhado com o governo, é isso que nós vamos defender”, continuou.

Em caso recente, Bolsonaro nomeou o professor Carlos André Bulhões Mendes como reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Carlos Bulhões foi o último colocado da lista tríplice em consulta interna da universidade.

 

Fonte: Brasil 247