Peça faz pedagoga “viajar” de volta à infância

Postado em 20/06/2018 12:35 - Atualizado em: 20/06/2018 12:35
Share Button

O Centro de Esportes e Artes Unificados (CEU), no bairro Cidade Nova, foi cenário para mais um espetáculo do Circuito Cultural Belgo Bekaert, em Feira de Santana. A peça Grão Circo, dirigida por Jailson Pereira, marcou o segundo dia do evento, trazendo para o palco números que fazem parte do universo circense. Fez até adulto viajar de volta à infância.

O espetáculo narra a história de um grupo de jovens artistas que leva para o palco a alegria e o vigor do Circo. Os artistas utilizam diversas técnicas da tradição circense, como malabarismo, perna de pau. É fruto de um trabalho realizado pela companhia Cuca de Teatro. “Esse espetáculo significa trazer a alegria, ver o sorriso no rosto que a arte circense traz ao público. Ele vem justamente para, de alguma forma, fazer com que as crianças tenham esse contato com essa arte milenar”, explica José Henrique Rodrigues Monter, que é um dos produtores da peça.

Sorridente e com brilho nos olhos, a pedagoga Isis Carine Silva Nunes (foto – junto com os atores da peça) estava na plateia da peça pela primeira vez. “ É uma iniciativa que realmente tem que ser muito prestigiada pela comunidade. Eu mesmo viajei no mundo da minha infância. Estou saindo daqui muito realizada. O legal é ver que existem pessoas que se dedicam e valorizam ainda a arte do circo”, comenta.

No próximo sábado, 23, a praça CEU recebe em sua quadra o espetáculo “Maria, Escombone e o Violão Encantado”, produzido pela companhia de Teatro – O Trem. O evento segue até o mês de novembro com apoio da Fundação Cultural Egberto Costa.

Secom/FS

Share Button