Podcast: o que falta o Brasil entregar aos EUA

Postado em 26/06/2018 15:31 - Atualizado em: 26/06/2018 15:31
Share Button
Reprodução: U.S. Army/NBC News
Vice americano ainda tem o que extrair

O que falta o Brasil entregar aos EUA

Olá, tudo bem?

Esse podcast é sobre o que o Aloysio 500 mil, que foi promovido de 300 mil pela Odebrecht, e exerce a função de Minixtro das Relações Exteriores, o que ele vai entregar ao vice-presidente americano Mike Pence, que está no Brasil.

Antes, um pouco de História.

Aloysio foi motorista de Carlos Marighella.

Assaltou bancos.

Depois, na estrada de Damasco – não, na estrada da DERSA! – atendeu a um chamado dos céus e passou a ouvir alguns dos que financiavam o delegado Fleury para matar o Marighella.

Foi o braço direito e esquerdo do Serra, o maior dos ladrões, quando co-governaram São Paulo em companhia do Paulo Preto.

Paulo esse, aliás, que emprestou dinheiro ao Aloysio para comprar um apê em Hygyenópolis…

Aloysio se elegeu senador porque a Fel-lha de São Paulo disse que o adversário, Romeu Tuma, estava morto no Hospital Sírio e Libanês (onde próstata de tucano não cresce).

Eleitores de Tuma, então, votaram em Aloysio.

Para desespero de Tuma, que estava vivo.

No Senado, Aloysio notabilizou-se por pertencer à bancada dos canalhas e canalhas, na acepção do Requião e do Lindbergh.

Aloysio não tem a menor chance de se eleger vereador em São José do Rio Preto e, por isso, aceitou ser Ministro do ladrão presidente e substituiu Serra no Itamaraty.

Mike Pence foi deputado federal e governador do estado de Indiana, sempre pelo Partido Republicano.

Pence tem a biografia de um carreirista que corre atrás da diligência da extrema direita.

Cedeu a todas as pressões dos eleitores reacionários e, com essa credencial, o Partido o empurrou na chapa de Trump.

O aborto, a homossexualidade, a xenofobia, a exaltação da segurança contra minorias supostamente associadas à criminalidade.

É a agenda de Pence.

Aloysio e Pence falam a mesma língua.

Aloysio já entregou a Pence: a base de Alcântara, o espaço aéreo às companhias aéreas americanas, o silêncio diante das cotas para o aço e o alumínio, a covarde reação diante das crianças brasileiras separadas dos pais na fronteira, o pré-sal, o conteúdo nacional e a despudorada participação da CIA nas investigações da Lava Jato.

Está tudo entregue!

O que falta?

Sabe o que falta, amigo navegante do Conversa Afiada?

Falta o Brasil oficializar o sobrevoo de drones da Embaixada americana sobre Brasília.

Para a embaixada americana saber que ministros do Supremo recebem a visita de aliados do Lula.

Sim, porque os dois – Aloysio e Pence – se unem em torno de um objetivo inegociável.

Disso eles não abrem mão!

Lula não pode ser candidato!

E muito menos… vencer!

É o hino que Aloysio e Pence cantam juntos!

Num coro de adolescentes virgens!

Reproduzido do Conversa Afiada

Share Button