Protesto imbecilizado diante da residência do prefeito foi atentado à civilidade

por Carlos Lima

Protesto em frente a residência do prefeito Colbert Martins
O processo civilizatório do ser humano teve início com à ideia de definir os modos de conduta.

Essa transição se deu pela intervenção do homem no seu modo de agir e não através de uma evolução natural da humanidade.

Os alicerces foram sendo construídos em duas bases de vital importância: cultura e civilização.

Dessa forma os valores morais não foram introduzidos e assimilados geneticamente. Eles foram adotados através do hábito e definições disciplinares de comportamento.

Foi dessa forma que o homem racional superou o homem selvagem, bárbaro e inculto.

Lamentavelmente esse processo não atingiu a todos. O egoísmo, a ganância, a violência, ainda fazem parte do cotidiano do ser humano.

Tivemos no último domingo (24), uma prova dessa irracionalidade.

Um grupo de vergonhosa história de prática solidária, comandada por empresários gananciosos e sem qualquer sensibilidade pelo bem estar dos seus funcionários, a não ser a condição de explorar sua força de trabalho para torna-lo cada vez mais ricos. Fizeram uma concentração de protesto em frente à residência, (familiar), do prefeito Colbert Martins.

Além de cometerem desobediência civil, pela aglomeração, atentaram contra a família e demonstraram menosprezo pela vida humana, nesse momento de pandemia e crescimento do número de infectados no município.

Selvageria na sua forma mais nociva, pessoas que não aprenderam as lições de desenvolvimento social, coletivo e humano.

As normas de disciplina para uma existência digna e de preservação da vida em nosso planeta são desprezadas por uma parcela da sociedade que não enxerga acima do umbigo, os objetivos assumidos dizem respeito ao acúmulo de riquezas sem pensar nas consequências, sejam elas quais forem.

A estupidez desses pseudos capitalistas está mais para papagaio de pirata. É deprimente.

Formaram um bando de “sangue sugas” criminoso de consciência e Deus sabe lá mais o que. Comportaram-se como abutres na busca de cadáveres.

O país está perdendo sua honra, e criando as condições objetivas para que a selvageria alcance todos.

Ao final dessa pandemia, se o governo atual continuar, será o início de uma caçada predatória ao homem pelo próprio homem.

Quem viver verá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui