Provocada por fumaça vinda do Pantanal, chuva preta pode atingir São Paulo, Rio e Minas

O fenômeno da chuva preta, que ocorreu em 2019 em São Paulo, pode voltar a se repetir nesta semana na capital e interior do estado em função dos incêndios no Pantanal.

O alerta foi dado por meteorologistas do Climatempo. O fenômeno também pode atingir o centro-sul do Rio de Janeiro, incluindo a capital, e o centro-sul de Minas Gerais. No fim de semana passada, ele ocorreu em regiões do Rio Grande do Sul. Além da chuva, o céu pode atingir tons alaranjados durante o dia.

No ano passado, fumaça vinda da Amazônia, que sofria com queimadas, deixou o céu escuro em plena tarde em alguns pontos de São Paulo, com água da chuva de cor preta.

Sua ocorrência, no entanto, depende da quantidade de partículas de fuligem trazida pelos ventos que sopram do interior do Brasil em direção ao Sudeste.

Queimadas atingem níveis recordes

A chuva preta acontece quando o vento traz fumaça das queimadas e incêndios florestais até área onde existem nuvens de chuva.

A região do Pantanal vem sofrendo com queimadas recordes, que se agravaram no último mês. Cerca de 3.000.000 de hectares foram devastados. Na quarta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores que as “críticas” aos incêndios no Pantanal e na Amazônia eram “desproporcionais”.

 

Fonte: Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui