Quase todo o desmatamento da Amazônia em Mato Grosso é ilegal

Caminhão transita em área desmatada da Amazônia, no Estado do Acre 24/08/2019 (Foto: REUTERS/Bruno Kelly)

Segundo a Organização Não Governamental ICV (Instituto Centro de Vida) com base nos dados de um programa do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o desmatamento na Amazônia mato-grossense é praticamente todo ilegal.

De acordo com o Prodes, nos últimos 12 anos, 88% da derrubada de floresta amazônica no estado de Mato Grosso não tinha autorização que disponibiliza taxas anuais de desmatamento em biomas brasileiros.

No período de 12 meses que vai de agosto de 2019 a julho de 2020, foi de 88% o desmate na floresta em Mato Grosso foi ilegal, aponta reportagem do jornalista Phillippe Watanabe na Folha de S. Paulo.

O Mato Grosso foi o segundo estado com maior desmatamento da Amazônia registrado de 2019 a 2020. Os mais 1.767 km² destruídos no estado só perdem para os 5.192 km² derrubados no Pará. Ao todo, na Amazônia, foram devastados 11.088 km² de floresta no período.

A análise do ICV também aponta que mais da metade (54%) do desmatamento ilegal registrado em Mato Grosso ocorreu em propriedades particulares, o que possibilita rastrear os autores. Outros 31% ocorreram em áreas não cadastradas.

 

Fonte: Brasil 247

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui