Segurança para Copa América na Fonte Nova contará com 1,2 mil policiais

Postado em 20/09/2018 11:13 - Atualizado em: 20/09/2018 11:13
Share Button

Foto_Camila Souza_GOVBA (2)Elogiada na Copa do Mundo de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016 pela estrutura montada no entorno e internamente, a segurança na Arena Fonte Nova durante a Copa América contará com um esquema similar, segundo informou o tenente-coronel Marcos Oliveira, responsável pela operação de segurança na época.

“O esquema de segurança poderá contar com até 1,2 mil policiais no entorno e dentro do estádio”, afirma o coronel, incluindo, nesse grupo, o Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe), cuja sede foi entregue pelo Governo do Estado em julho deste ano. “O esquema de segurança a ser aplicado vai atender das exigências da Conmebol”, explica, lembrando que cada entidade esportiva tem o seu plano de atuação.

 

Foto_Camila Souza_GOVBA (1)Segundo ele, serão realizadas operações como fechamento de vias próximas ao estádio, abordagem na entrada da arena, varredura interna, vistoria dos veículos, entre outros procedimentos. Também são previstos esquemas especiais de segurança para autoridades, delegações, instalações e áreas de interesse operacional, como as rotas de passagem dos jogadores e os centros de treinamento.

Na avaliação do secretário de Turismo da Bahia, José Alves, a inclusão de Salvador entre as capitais que sediarão jogos da Copa América mostra o potencial da Bahia em abrigar grandes eventos esportivos, não apenas em razão da estrutura da Fonte Nova, como também pela receptividade do povo baiano e pela sua adoração ao futebol.

Alves lembra que a maior quantidade de turistas estrangeiros em Salvador é formada por argentinos, chilenos e colombianos. As operações da companhia aérea Copa Airlines, iniciadas em julho passado, com entre rota Salvador e a Cidade do Panamá, vão reforçar ainda mais esse fluxo de visitantes, especialmente durante a Copa América, avalia o secretário. Essa rota conecta Salvador com 79 destinos, em 32 países da América do Norte, Central, América do Sul e Caribe. “A nova rota é fruto de uma série de ações planejadas e investimentos realizados em conjunto desde o ano passado”, destaca Alves.

Estrutura

O mais moderno equipamento multiuso da Bahia, a Arena Fonte Nova foi construída pelo Governo da Bahia por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP) e inaugurada em 2013 para abrigar jogos da Copa das Confederações, em 2013, e a Copa do Mundo de 2014. Com capacidade para 50 mil pessoas em assentos cobertos, a Arena oferece 10 níveis e três anéis de arquibancadas, seguindo os mais altos padrões internacionais. Foi considerado pelos torcedores como o melhor estádio da Copa 2014. De lá para cá, abrigou diversos eventos internacionais, a exemplo dos Jogos Olímpicos em 2016, consolidando a vocação como um centro de esportes, entretenimento e negócios para a Bahia.

Grandes nomes do futebol

Baianos e visitantes poderão ter a oportunidade de assistir na Arena Fonte Nova a jogos com os maiores craques da atualidade, como os argentinos Lionel Messi, Dí Maria, Sergio Agüero e o franco-argentino Higuaín; os uruguaios Cavani e Luiz Suárez; os colombianos James Rodríguez e Juan Cuadrado; além do chileno Alexis Sánchez.

A participação das seleções com esses craques dependerá do sorteio da fase de grupos, que ocorrerá em fevereiro de 2019, e das combinações de seleções vencedoras da primeira fase. Participarão da Copa América as dez seleções sul-americanas e duas seleções asiáticas convidadas para o evento – Japão e Catar. Além de Salvador, foram indicados os estádios de São Paulo (Morumbi e Allianz Parque), Rio de Janeiro (Maracanã), Belo Horizonte (Mineirão) e Rio Grande do Sul (Arena do Grêmio). (Fotos Camila Souza/GOVBA)

    

Share Button