Sem negociação com empresas de ônibus, rodoviários anunciam greve na próxima semana

Foto: Daniel Castellano/SMCS/ Reprodução Gazeta do Povo

Após mais uma tentativa de negociação sem sucesso com os empresários do transporte, os rodoviários decidiram pela deflagração de greve. O movimento terá início na próxima segunda-feira (23) e segue por tempo indeterminado. “Mais uma vez os empresários não foram sensíveis a nossa categoria e ao nosso pleito. Há tempos estamos sofrendo com atraso nos salários, demissões, dentre outros problemas. Diante da negativa de reajuste salarial, não nos resta outra alternativa”, afirmou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Feira de Santana, Sintrafs, Alberto Nery.

A decisão foi aprovada em assembleia, realizada no dia 18/07, com toda a categoria. “O transporte público de Feira de Santana vive um cenário de caos. Ônibus sendo retirados da frota, atraso no pagamento de salários, demissão de colaboradores são apenas algumas das dificuldades vividas pelo setor. De um lado, temos os empresários que retiram ônibus da frota, não efetuam os pagamentos de salário na data; de outro, o Poder Público que não fiscaliza e não cobra. No meio, fica a comunidade e os rodoviários, ambos sofrendo com o sistema”, finalizou Nery.