Senador Cepeda informará CPI sobre violência policial na Colômbia

Foto: Senador Iván Cepeda Castro, do partido de oposição Polo Democrático. (Reprodução HISPANTV)

O senador Iván Cepeda propôs informar o TPI sobre os atos de violência ocorridos na semana passada durante os protestos, atribuídos à Polícia.

A proposta de Cépeda aos seus colegas é informar o organismo internacional através de uma declaração “que foram ou estão a ser cometidos crimes que se enquadram na jurisdição do Tribunal Penal Internacional (TPI) num ambiente de impunidade”.

“ Peço a você (…) que envie uma comunicação ao TPI o mais rápido possível anexando vídeos, depoimentos e muitas outras informações disponíveis ”, disse Cepeda na quinta-feira em uma audiência no Congresso em que falaram várias vítimas de supostos abusos policiais.

Ele também se referiu ao brutal assassinato do advogado Javier Ordóñez, 46, nas mãos de dois policiais, e à “forma como foi torturado e posteriormente assassinado”, o que reacendeu protestos de rua contra a violência policial no país sul-americano. onde muitos casos semelhantes ocorreram no passado.

O senador condenou que em meio às manifestações que essa situação gerou, “dezenas de policiais ativaram suas armas e causaram a morte de 14 pessoas” e feriram outras 400.

No ano passado,  a morte do jovem Dilan Cruz em meio a protestos estudantis  gerou um debate sobre as armas supostamente de baixa letalidade utilizadas pela polícia e a necessidade de reforma das forças de segurança.

A brutalidade policial é o mais recente episódio de retrocessos na gestão do presidente colombiano Iván Duque, abalada pela má gestão da nova pandemia de coronavírus, causa do COVID-19, insegurança e massacres.

 

Fonte: HISPANTV

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui