Trump defende assassino extremista de manifestantes em Kenosha

O presidente dos EUA, Donald Trump, em entrevista coletiva na Casa Branca, em 31 de agosto de 2020 (Foto: AFP)

O presidente dos EUA defende Kyle Rittenhouse, o jovem que matou dois manifestantes durante protestos contra a violência policial em Kenosha, Wisconsin.

Vocês assistiram ao mesmo vídeo que eu. Ele estava tentando se livrar deles (os manifestantes), suponho, e caiu e eles o atacaram com muita violência, e é algo que estamos examinando, que está sob investigação”, disse Donald Trump em entrevista coletiva na Casa Branca na segunda-feira. 

Desta forma, o presidente republicano justificou os grupos de direita e se recusou a condenar o jovem acusado, que no dia 25 de agosto apareceu armado em um protesto em Kenosha e matou dois civis, além de ferir um terceiro.

Os comentários de Trump acontecem na véspera de sua visita à cidade de Kenosha, palco de protestos diários desde 23 de agosto, quando um policial branco atirou sete vezes nas costas em um homem negro, identificado como Jacob Blake , que Ele estava paralisado da cintura para baixo.

A este respeito, o secretário de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany, anunciou que o presidente não pretende se reunir com a família da vítima, cujo caso gerou protestos naquela cidade.

O objetivo de sua viagem é reiterar sua mensagem de que as forças de segurança estão sitiadas em cidades lideradas pelos democratas, colocando em risco o que ele chama de “sonho americano”. 

Nas últimas semanas, e após o brutal  assassinato em 25 de maio do afro-descendente George Floyd por um agente branco, a maioria das cidades americanas se tornou palco de protestos contra o racismo e a violência policial.

Diante de tal situação, o presidente dos EUA repreende severamente os participantes das manifestações; na sexta-feira, Trump chamou o prefeito de Portland de “incompetente” e  prometeu intervir nesta cidade, se as autoridades locais não acabassem com os protestos violentos.

HISPANTV

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui