Agricultura
Sexta , 18 de Abril de 2014
Postado em 26/11/2012 ás 22:21

Projeto Formoso, na Bahia, é tema de reunião na Codevasf

 
Ascom/Codevasf

O projeto Formoso, no município baiano de Bom Jesus da Lapa, região do Médio São Francisco, foi tema de reunião do presidente da Codevasf, Elmo Vaz, com o secretário de Agricultura do estado da Bahia, Eduardo Salles, e o prefeito eleito do município, Eures Ribeiro. A principal pauta da reunião foram os R$ 29,3 milhões a serem investidos pela Codevasf no Formoso dentro do programa Mais Irrigação, recém-lançado pela presidenta Dilma Rousseff e que prevê investimentos de R$ 10 bilhões em 16 estados do país nos próximos anos.

O deputado federal Mário Negromonte (PP-BA) e o deputado estadual Mário Júnior (PP) também estiveram presentes à reunião, além do secretário-executivo da Área de Gestão de Empreendimentos de Irrigação (AI) da Codevasf, Frederico Calazans, e do gerente de Administração Fundiária, Wagner Zani.

Entre os investimentos a serem feitos no projeto Formoso e discutidos na reunião está a recuperação de 310 km de estrada dentro do perímetro, com recurso da Codevasf a ser repassado ao Derba (Departamento de Infraestrutura de Transporte da Bahia). Outro ponto – um pleito dos irrigantes -, é a troca do sistema de irrigação convencional dos lotes familiares pelo de irrigação localizada, de modo a gerar economia de energia e de água, e oferecer mais competitividade aos agricultores familiares do projeto.

“Nesse sentido, iremos empenhar esforços junto aos ministérios da Integração Nacional e do Planejamento, Orçamento e Gestão, visando a alterar o plano operativo aprovado e conseguirmos fazer os projetos parcelares para possibilitar a troca do sistema”, disse o presidente da Codevasf, Elmo Vaz.

Além das informações sobre os novos investimentos no projeto Formoso, os participantes da reunião também conversaram sobre soluções que permitam sanar os débitos fundiários e de água dos produtores desse projeto – e uma das propostas é negociar, no Congresso Nacional, uma alteração na nova lei de irrigação que possibilite a renegociação das dívidas.

Sobre esse quesito, o gerente de Administração Fundiária, Wagner Zani, garantiu que a Codevasf vem trabalhando junto ao Congresso para que a lei que estabelece a nova Política Nacional de Irrigação, que tem que passar por um segundo turno de votação na Câmara de Deputados, seja aprovada. A nova lei incentiva a ampliação da área irrigada no país e o aumento da produtividade agrícola.


O projeto Formoso

O Formoso é um dos projetos inseridos no Mais Irrigação, programa coordenado pelo Ministério da Integração Nacional (MI), recém-lançado pela presidenta Dilma Rousseff, que prevê investimentos de R$ 10 bilhões em 16 estados do país nos próximos anos. O investimento previsto no projeto Formoso no âmbito do Mais Irrigação é de R$ 29,3 milhões, a serem aplicados pela Codevasf, dentro do eixo 2 do programa - que contempla a implantação e a revitalização de perímetros públicos.

 A Codevasf está investindo R$ 25,2 milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) nesse perímetro até 2014. Os recursos estão sendo aplicados na reabilitação da infraestrutura de irrigação de uso comum do perímetro, tais como recuperação de canais, de redes de drenagem, de estações de bombeamento, melhoramento de estradas e estudos para elaboração do plano diretor.

O projeto Formoso possui cerca de 11.750 hectares de área irrigável, sendo que 10,8 mil hectares estão atualmente ocupados. A produção de alimentos registrada em 2011 foi de 166,8 mil toneladas. Predomina a exploração de banana, que em 2011 alcançou mais de 80% da área cultivada, seguida de mamão. Os lotes familiares respondem por 65% do total da área cultivada no perímetro, onde os sistemas de irrigação mais utilizados são a aspersão convencional e a microaspersão. O projeto Formoso é responsável por aproximadamente 6 mil empregos diretos e 10,3 mil empregos indiretos.

Mais informações: www.codevasf.gov.br 

 
Leia Também
 
 

POLITICA DE PRIVACIDADE | TERMOS DE USO | FALE CONOSCO | EXPEDIENTE

2000 - 2009 - Todos os direitos reservados