Venezuela pede cooperação e diálogo com o Brasil diante da pandemia

O chanceler venezuelano Jorge Arreaza durante videoconferência com os ex-chanceleres brasileiros Celso Amorim e Aloysio Nunes. Foto: Reprodução HISPANTV

O chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, defende a reconstrução das relações com o Brasil para coordenar o combate à pandemia COVID-19.

“A mensagem do presidente [da Venezuela, Nicolás] Maduro ao presidente [do Brasil] Jair Bolsonaro, apesar das divergências devido aos ataques que nos desconhecem, que não respondem, é que aproveitamos a pandemia para reconstruir a relação diplomática ” Arreaza disse na quinta-feira durante uma videoconferência com os ex-ministros das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim (2011-2014) e Aloysio Nunes (2017-2019).

O Ministro das Relações Exteriores da Venezuela insistiu na necessidade de promover a cooperação no enfrentamento da pandemia, como única forma de neutralizá-la, e afirmou que a pandemia obriga os países vizinhos a tratar as relações diplomáticas com responsabilidade e altura, fazendo diferenças políticas e ideológicas à parte.

Por isso, destacou que seu governo vai insistir em estabelecer uma ponte de comunicação com o Brasil e disse que estaria até disposto a voar até a capital brasileira para se reunir com seu homólogo brasileiro, Ernesto Araújo.

“Vamos insistir, queremos e se os ex-ministros puderem nos fazer uma ponte com o chanceler Ernesto Araujo, teremos o prazer de mudar para a fronteira, para Pequim, onde ele quiser”, acrescentou.

Em 2017, durante o governo do então presidente Michel Temer (2016 – 2018), as relações entre Brasil e Venezuela começaram a se desgastar, mas se tornaram ainda mais tensas em 2019, após a chegada ao poder do atual presidente, Jair Bolsonaro, que não sabe Maduro como o legítimo presidente da Venezuela.

Em 7 de agosto, Arreaza também enviou uma carta ao Chanceler brasileiro, na qual reiterou o interesse do Governo venezuelano em estabelecer a cooperação mais estreita para enfrentar a pandemia; no entanto, o pedido permaneceu sem resposta.

“É urgente uma ação coordenada entre nossos países, que compartilham uma extensa fronteira comum, bem como uma longa tradição de laços familiares, culturais, sociais e econômicos, especialmente nas vastas áreas limítrofes”, diz a carta, onde também exorta a uma coordenação direta em torno da situação de pandemia, “colocando o benefício de nossos povos em primeiro lugar.”

 

Fonte: HISPANTV

38 COMENTÁRIOS

  1. Thank you so much for giving everyone an update on this subject on your
    website. Please realise that if a brand-new post appears or if perhaps any changes occur to the current posting, I would consider reading more and finding out how
    to make good utilization of those techniques you reveal. Thanks for your
    efforts and consideration of other people by making this blog
    available.

    Here is my page – http://www.alpha-net.ne.jp

  2. I do trust all the ideas you have offered in your post. They are really convincing and will certainly work.
    Still, the posts are too short for beginners. May just you please prolong
    them a little from subsequent time? Thanks for the post.

    My blog post :: oskj.jp

  3. The other day, while I was at work, my cousin stole my iPad and tested to see if it can survive a
    twenty five foot drop, just so she can be a youtube sensation. My iPad is now destroyed and she has 83 views.
    I know this is entirely off topic but I had to share it with someone!

  4. Hi there! This blog post couldn’t be written any better!
    Looking through this post reminds me of my previous roommate!

    He continually kept preaching about this. I am going to forward this post to
    him. Fairly certain he will have a great read. Thank you
    for sharing!

  5. I’d like to thank you for the efforts you’ve put in penning this website.
    I really hope to view the same high-grade blog posts by you in the future as well.
    In truth, your creative writing abilities has encouraged me
    to get my own, personal blog now 😉

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui