Wuhan sem pacientes COVID-19, um ano após o primeiro caso

Fonte: Reuters

A vida em Wuhan, a cidade chinesa com os primeiros casos COVID-19 do mundo, voltou ao normal em 13 de dezembro de 2020.

Quase um ano depois, o ambiente em Wuhan, capital da província central de Hubei, epicentro do coronavírus, é absolutamente diferente, embora os residentes ainda usem máscaras faciais.

Wuhan não registra um novo caso transmitido há vários meses e agora suas ruas estão cheias de pessoas, tráfego e grandes concentrações em parques.

O governo de Wuhan testou toda a sua população para o coronavírus em maio, depois deu negativo.

Fonte: HISPANTV