20 Vezes Gente do Choro

Foto: Divulgação

O grupo Gente do Choro comemora 20 anos de trabalho musical. É, certamente, o grupo atuante mais antigo de Salvador, talvez até da Bahia. À frente do grupo, Carlinhos do Bandolim que, ao lado do saudoso Pedrinho do Pandeiro, formou o Gente do Choro.

A princípio, era apenas uma “brincadeira musical”.

Vários músicos se reuniam num ponto do bairro da Liberdade e tocavam, deixando a animação e o prazer tomar conta dos presentes, na tradicional roda de choro.

Hoje, o Gente do Choro possui CD gravado e está fortemente inserido no cenário musical baiano, por elevar astral e contagiar a todos com o seu ‘tempero musical’ único.

Segundo Carlinho do Bandolim: “Mudou a qualidade musical, pois, com vinte anos de prática você vai se aprimorando na improvisação, o choro é a escola do improviso e também se especializando em mesclar com outros estilos de músicas. Existem as ligações e relações do gostar e o prazer de tocar, pois o mais importante é você fazer o que gosta. Não é pelo dinheiro e sim porque gostamos de estar nos palcos.

Naquela época, no início, não existia a tecnologia, celular e a internet e hoje isso permitiu que eu me aprofundasse conhecendo outros músicos e músicas que eram difíceis de serem encontrados, como os discos de vinil que não existem mais. Ficou tudo mais moderno e muito mais fácil de ser encontrado quebrando essa barreira e me permitindo conhecer novos horizontes.

Chegamos a preparar o segundo disco antes da pandemia, o “Gente do Choro – Edição II”. Eu (Carlinhos), Jailson Coelho, Washington do Cavaquinho e o finado Pedrinho do Pandeiro. Agora, pós pandemia, falta finalizar, pois já está em fase de masterização. Estamos programando o lançamento para o primeiro semestre de 2022, como fechamento de nossas comemorações.” Trechos da Conversa com Carlinhos do Bandolim.

Projeto ‘Segundas do Chorinho – ano 10’ convida o mais tradicional grupo de Salvador, o Gente do Choro, para apresentação no dia 08 de novembro de 2021, liderado pelo instrumentista Carlinhos do Bandolim, nessa noite o grupo conta com as participações de Natan Drubi (violão sete cordas), Dudu Reis (cavaquinho) e Debora Guimarães (pandeiro), onde juntos interpretam choros tradicionais brasileiros, bem como composições originais inspiradas neste gênero e outras formas e ritmos do Brasil, além de receberem amigos chorões que sobem espontaneamente ao palco no já tradicional formato ‘Roda de Choro’.

O Centro Cultural SESI Rio Vermelho segue todas as normas e diretrizes dos órgãos de saúde com o uso obrigatório de máscara, distanciamento entre mesas, entre outros.

Projeto SEGUNDAS DO CHORINHO – Ano 10

Toda segunda-feira de 2021

Horário: a partir das 20 horas

Dia 08/11/2021: 20 Vezes Gente do Choro

Couvert: R$20,00.

Local: Varanda do SESI Rio Vermelho

Endereço: Rua Borges dos Reis, 09 – Rio Vermelho.