78,5% dos médicos brasileiros reprovam atuação do Ministério da Saúde na pandemia, diz pesquisa

© Folhapress / Cláudio Reis/FramePhoto

Uma pesquisa da Associação Médica Brasileira (AMB), divulgada nesta terça-feira (2), mostrou que a atuação do Ministério da Saúde, sob gestão de Eduardo Pazuello, é desaprovada por 78,5% por médicos entrevistados.

O levantamento ouviu 3.882 médicos de todas as regiões do país através de questionário virtual.

Indagados sobre a situação atual de casos nas unidades que atendem a pacientes com suspeita ou já com COVID-19, 69,1% dos médicos acreditam que haverá uma alta de mortes pela doença no país.

Médicos cuidam de paciente com COVID-19 no Hospital Oceânico de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, em 11 de dezembro de 2020
© AP PHOTO / LUCAS DUMPHREYS Médicos cuidam de paciente com COVID-19 no Hospital Oceânico de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, em 11 de dezembro de 2020

Ao serem questionados sobre a desativação dos hospitais de campanha, algo que ocorreu por todo o Brasil nos meses finais de 2020, 81,4% dos entrevistados acreditam que a decisão foi equivocada.

Enquanto a relação de casos de COVID-19 entre os 209 milhões de brasileiros é de 4,3%, a razão entre os médicos da linha de frente pesquisados é de 23,4%.

Quanto à vacinação contra a COVID-19, 97,5% dos médicos pretendem ser vacinados contra o novo coronavírus e prescreverão a imunização para seus pacientes.

Fonte: Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui