Administrada por Rogério Costa, do PT, Santo Estêvão é uma das cidades que mais cresce na Bahia

Foto: Divulgação

Durante três meses consecutivos de 2021, município ficou entre os 11 que mais geraram emprego no estado

Administrada por Rogério Costa, prefeito do Partido dos Trabalhadores da Bahia, há quase seis anos, Santo Estevão, localizada no Território de Identidade Portal do Sertão, é uma das cidades que mais cresce na Bahia com grandes investimentos em diversas áreas. Da infraestrutura básica à educação, da economia e geração de emprego e renda à cultura, da agricultura familiar ao atendimento de saúdeo município se transformou em uma cidade polo da região.

A instalação de uma indústria de calçados, que atualmente emprega mais de 4 mil trabalhadores diretamente, atraiu outras grandes empresas, sobretudo na área do comércio varejista, o que aumentou a arrecadação do município e a oferta de postos de trabalho. Por conta da chegada desses novos negócios, somado aos investimentos públicos, a cidade ficou, durante três meses consecutivos deste ano, entre os 11 municípios que mais geraram emprego dos 417 do estado, de acordo com o Caged.

O resultado do nosso trabalho é ter muito amor pelo que se faz, muita luta, uma equipe comprometida, bem alinhada com nosso pensamente muita escuta com a sociedade. E é nesse caminho que estamos fazendo esse bom trabalho. É um somatório de fatores, de investimento e atenção em cada lugar”, afirmou o prefeito, que foi reeleito em 2020.

Além da geração de novas oportunidades de emprego, ainstalações públicas de grande porte, a exemplo de duas dezenas de unidades escolares na sede e zona rural do município, o IF Baiano, novas praças, energia elétrica garantida a todos os moradores por meio do programa Luz para Todos, o fornecimento de água potável que deve atingir 100% dos lares da cidade em breve, todos esses avanços foram conquistados a partir de um planejamento estratégico da gestão, construído com base no diálogo com a população por meio de audiências públicas.

Nosso planejamento é o balizador, e aí temos o Plano Plurianual, que é participativo, envolvendo nossa comunidade linkado ao nosso orçamento. Então, discutimos, definimos prioridades e devolvemos para a sociedade. Procuramos, nesse processo, ter um olhar mais humano e de cuidado com a cidade. E assim temos caminhado”, destaca o prefeito.

gestor atribui também os avanços da cidade à parceria com as gestões petistas, de Jaques Wagner e Rui Costa, que administram o estado há quase 16 anos. “Houve um grande esforço de Jaques Wagner no programa Água para Todos, garantindo que a água chegasse a locais onde ainda não havia e hoje contamos com uma parceria muito grande com Rui Costacom investimentos em esgotamento sanitário para melhoria da qualidade de vida da população, novas escolas e na área de saúde, além de outros”.

Com investimentos estaduais e municipais, por exemplo, Santo Estevão conta com uma infraestrutura de saúde que atende além de moradores da cidade, que não precisam mais se deslocar para outros lugares em busca de atendimento médico, pessoas de outros municípios da região. Atualmente, funcionam na cidade a Rede de Saúde Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar, uma clínica de nefrologia (parceria entre a Prefeitura de Santo Estêvão e a Clínica Senhor do Bonfim) para atender pacientes renais de várias cidades da região e o Hospital Municipal João Borges de Cerqueira, além de uma base descentralizada da SAMU.

O município tem ainda o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), referência em saúde bucal, e contará com o Centro de Parto Normal, já em construção, que será destinado a prestar assistência humanizada e de qualidade ao parto fisiológico, de baixo risco, com quartos individuais e banheiros acoplados.

Agricultura – Com uma população rural expressiva no município, a gestão também investiu esforços para melhorar a vida do povo do campo, apostando em projetos que promovem o desenvolvimento da agricultura familiar. Um exemplo é o Projeto Municipal de Aração de Terras de 2021, que beneficiou 3.500 famílias de agricultores familiares, executado exclusivamente com recursos próprios. Está prevista ainda a implantação da Secretaria de Agricultura para trabalhar e potencializar os arranjos produtivos e agricultura familiar.

Os moradores do campo também contam com o Projeto mil litros que integra o programa de universalização da água e ação de COVID, para famílias em vulnerabilidade temporária. O objetivo da iniciativa é garantir a agricultura familiar de subsistência, convivência com a seca e aumento do poder de reservatório de água. Segundo a gestão, a intenção é beneficiar 1.000 famílias das comunidades contempladas com o abastecimento de água tratada Embasa.

Ascom PT Bahia