Anvisa autoriza testes da Butanvac em humanos

(Foto: Governo do Estado de São Paulo)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu nesta quarta-feira (9) a autorização para que o Instituto Butantan, de São Paulo, realize os testes da sua vacina contra a COVID-19, ButanVac, em humanos.

“Esta será a primeira vez que a Butanvac será aplicada em humanos e por isso serão conduzidas as fases clínicas 1 e 2. Para a autorização do estudo clínico a Anvisa e Butantan realizaram ao longo dos últimos dois meses uma intensa troca de informações e de reuniões com objetivo de que todos [os] aspectos do estudo estivessem claros e com garantias de segurança aos voluntários”, informou a Anvisa.

As duas fases se dividem nas etapas A, B e C. No primeiro momento, 400 voluntários vão participar do estudo, que deve chegar a 6 mil voluntários, com mais de 18 anos, em todo o território nacional. Com um intervalo de 28 dias, o imunizante é administrado em duas doses.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), comemorou nas redes sociais, afirmando que era uma “grande notícia”.

Vacina 100% brasileira

A ButanVac é a primeira vacina contra a COVID-19 produzida no país sem que seja necessária a importação do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA).

A expectativa é a de que 18 milhões de doses do imunizante estejam prontas em junho e mais 40 milhões até o fim do ano.

Fonte: Brasil 247